Desde o início da pandemia, o Recanto dos Velhinhos de Valinhos adotou medidas rigorosas de higiene e segurança a todos os internos, todas as visitas foram suspensas, os voluntários foram impedidos de frequentar a entidade e todos os protocolos da ANVISA, Ministério da Saúde e Vigilância Sanitária e Epidemiológica foram cumpridos à risca.
No momento foram constatados casos de COVID-19 que estão em monitoramento pela Equipe médica do Recanto e pela Vigilância Epidemiológica, não havendo situação de pânico na entidade, que atende idosos com idade média de 85 anos e com comorbidades.
Muitas medidas foram adotadas desde março de 2020 como o transporte dos funcionários sendo contratada uma Van exclusiva para este serviço, sempre com o mesmo motorista que também seguiu os protocolos e higienização em cada viagem.
A entidade mantém uma ala para atender os idosos suspeitos da COVID-19 e outra ala para os casos confirmados. Utiliza os EPIs, faz diariamente o monitoramento de todos os funcionários, duas vezes ao dia, com a medição de temperatura e saturação e a qualquer sintoma, o funcionário é afastado imediatamente do trabalho, cumprindo a quarentena.
Com todas as medidas adotadas e obedecendo ao Plano de Contingência da Vigilância Sanitária, sob supervisão da Vigilância Epidemiológica, em quase um ano, os idosos estiveram em total segurança, todos receberam as duas doses da vacina, e estão em constante monitoramento.
Para garantir ainda mais a segurança e evitar o contágio, todos os idosos estão permanecendo em seus quartos, conforme a orientação da equipe técnica do Recanto dos Velhinhos, as áreas comuns como refeitório, sala de Terapia Ocupacional, Sala de TV e outros locais estão fechados.
“Toda a nossa equipe está fazendo o máximo dentro do Recanto dos Velhinhos, os casos de COVID-19 estão sob constante observação, e não deve ser motivo de pânico”, destaca o presidente Carlos Roberto Teixeira.

Você sabia que o Recanto dos Velhinhos tem um artesanato especial, produzido pela interna Maria Rita da Conceição Cremonesi? Esse artesanato em forma de toalhas, capas de almofada estão disponíveis com outras peças como: porta treco, caixas de tamanhos diversos, bandeja de MDF, porta azeite, Mini oratório em MDF, porta guardanapos, bonecas de pano, peso de porta, potes decorados e muito mais, no site da FEAV -Fórum das Entidades Assistenciais de Valinhos numa loja virtual, sendo que os recursos da venda vão para a entidade.
As peças produzidas por Maria Rita são feitas num tear de pregos, um equipamento simples, milenar e de pura arte. Ritinha, que tem 78 anos, está no Recanto dos Velhinhos desde 2007, fica horas tecendo suas peças usando apenas uma mão, a outra ficou imobilizada após um AVC. O trabalho no tear é fascinante e mágico!
O trabalho é realizado na sala de Terapia Ocupacional, onde Maria Rita é capaz de produzir verdadeiras obras de arte, com variação de cores. O resultado desse trabalho está no site www.feav.org.br, onde você pode passear pelas lojas do Recanto dos Velhinhos, Amigas da APAE, GAVV- Grupo das Amigas Voluntárias de Valinhos, ACESA, Grupo Margaridas da Casa da Criança e Grupo Rosa e Amor. Lá na loja virtual, tem muitas peças, predominando o bom gosto e o preço justo.
Visite o site da FEAV, conheça o resultado dessa técnica e ajude as entidades de nossa cidade.

O Recanto dos Velhinhos de Valinhos sempre surpreendido por boas ações. Sábado pela manhã, integrantes do Projeto Anjos do Amanhecer, chegaram na entidade com 740 fraldas geriátricas e mais 30 quilos de tampinhas plásticas.
Essa não é a primeira vez que o grupo se reúne para ajudar o Recanto dos Velhinhos porque o objetivo dos integrantes do Projeto Anjos do Amanhecer é ajudar o Recanto e outras entidades.
A doação recebida pelo administrador Carlos Latância, sempre chega em boa hora na entidade. “O consumo de fradas e muito alto aqui no Recanto, com as doações deixamos de usar o dinheiro para compra de fraldas e usamos para outras necessidades de nossos internos, sem falar nas tampinhas, pois estamos cadastrados no projeto Tampinha Legal e essa será mais uma fonte de renda para nossa instituição”.
Doação do Supermercados Zarelli

Como resultado da campanha Natal Solidário, realizada pelo Supermercado Zarelli, o Recanto dos Velhinhos recebeu na quarta-feira 10 de fevereiro, 44 cestas básicas. O presidente Carlos Roberto Teixeira e o vice-Presidente Everson Roscito receberam as doações e de forma especial, agradeceram o gesto do Supermercado Zarelli e seus clientes que escolheram o Recanto dos Velhinhos para receber os donativos. A Campanha destinou 55 mil em vale compras e cinco toneladas de alimentos para as entidades.
“Atendemos em nossa entidade 48 idosos, oferecemos cinco refeições por dia, por isso agradecemos imensamente por esta ação de grande solidariedade e amor ao próximo”, destacou Carlos Roberto Teixeira – Presidente do Recanto dos Velhinhos.

O Recanto dos Velhinhos de Valinhos está cadastrado no programa Tampinha Legal, um dos maiores programas socio ambiental, de caráter educativo, uma iniciativa da indústria de transformação do plástico da América Latina. O Programa consiste na arrecadação de tampinhas plásticas de sucos, refrigerantes, requeijão, pasta de dente, etc., que depois são encaminhadas para uma cooperativa de reciclagem e todo recurso vem para a instituição.
O programa foi lançado em 2016, na segunda edição do Congresso Brasileiro do Plástico (CBP), e propõe ações modificadoras de comportamento de massa através do fomento e incentivo da coleta de tampas de plástico, uma iniciativa do Instituto SustenPlást.
O Presidente do Recanto dos Velhinhos – Carlos Roberto Teixeira, fala com entusiasmo desse programa: “As tampinhas começaram chegar no Recanto e resolvemos procurar para onde mandar, encontramos o Programa Tampinha Legal que nos dá toda orientação e assim como os lacres de alumínio as tampinhas de plástico estão nos ajudando, é uma receita extra que usamos de acordo com as necessidades dos nossos internos. Faço um convite a toda população, não jogue a sua tampinha no lixo, separe, guarde e quando tiver uma quantia traga até o Recanto dos Velhinhos que daremos uma boa destinação, cuidando do nosso meio ambiente e movimentando a economia”.
“Quando começamos arrecadar as tampinhas, a cooperativa de reciclagem, sugeriu que elas fossem separadas por cores e aí a equipe técnica do Recanto dos Velhinhos, propôs que fosse uma atividade da Terapia Ocupacional, já que é algo que trabalha coordenação motora, memória, cognitivo para poder reunir cores iguais, além de ser necessário saber se organizar para trabalhar em equipe e respeitar os limites do colega na hora de definir a “tarefa” de cada um” explicou a terapeuta ocupacional Camila Jorge.
E Camila destaca que a atividade acabou se tornando algo onde todos ganham, os idosos com estímulos importantes, cada um dentro da sua condição ou necessidade e o Recanto com a verba que recebe da venda dessas tampinhas. A atividade é realizada na sala de terapia ocupacional, mas tem dois idosos que preferem fazer a separação enquanto conversam debaixo da mangueira. “Para nós, o importante é o idoso e a vontade para fazer aquela atividade da maneira mais confortável para ele”.
“O envolvimento dos idosos, foi uma ideia sensacional, eles curtem fazer essa atividade de separação das tampas por cores, quando essa atividade acontece é uma festa, eles conversam na mesa, trocam informações e rapidinho separam as tampinhas”, completa o presidente.
Até o ano passado o programa ultrapassou R$ 1 milhão de reais destinados 100% para entidades assistenciais participantes num total de mais de 300 instituições em vários estados do Brasil.

Na próxima quarta-feira, 3 de fevereiro, o bazar de móveis e utensílios do Recanto dos Velhinhos volta as suas atividades, das 14 às 16h30, abrindo a cada 15 dias, sempre às quartas-feiras, na Rua João Bissoto Filho,1899 no Bairro dos Ortizes.
Nessa reabertura do bazar, a voluntária Cristina Antoniazzi está preparando o espaço para receber os clientes que vão encontrar muitas peças como sofás, camas,colchões, fogão, cadeiras, acessórios de cozinha e eletrodomésticos a preços especiais.
O bazar de móveis e acessórios aceita doações, além de móveis quem quiser doar pratos, copos, talheres, formas, panelas, travessas ou eletrodomésticos que estejam funcionando como ferro de passar roupa, liquidificador, espremedor de frutas e outros produtos de decoração, eles serão muito bem vindos, todo recurso do bazar vai para o Recanto dos Velhinhos de Valinhos.
O Bazar Apenas diferente funciona toda quarta-feira, ao lado do bazar de Móveis, também coordenado por voluntários que separam, arrumam e atendem aos clientes. Muitos são frequentadores assíduos, porque sabem da qualidade dos produtos e os preços que são praticados.
Quem quiser conhecer o Bazar Apenas Diferente e aproveitar as ofertas, é só se dirigir nesta quarta-feira, 27, das 14 às 16h30, na Rua João Bissoto Filho 1889, no bairro dos Ortizes.

No sábado, 23, a equipe da Vigilância Epidemiológica de Valinhos esteve no Recanto dos Velhinhos de Valinhos, para fazer a aplicação da primeira dose da vacina de prevenção à COVID-19, em todos os internos e profissionais que atuam na entidade.
O Presidente Carlos Roberto Teixeira que acompanhou de perto o trabalho e também recebeu a vacina, destaca que o momento era muito esperado, desde o início da pandemia, no Recanto dos Velhinhos, inúmeras ações foram adotadas como a suspenção de visitas, os trabalhos dos voluntários, transporte exclusivo para os funcionários retirando-os do transporte público e todas as normas de higiene que já eram adotadas na Instituição, colaboraram para minimizar os impactos aos internos.
O administrador Carlos Latância disse que a vacinação traz um novo alento. “Estamos trabalhando com atenção redobrada, os nossos idosos e funcionários receberam a primeira dose, logo vem a segunda dose e mais um tempo retomaremos as nossas atividades normais”.

O Bazar Apenas Diferente do Recanto dos Velhinhos, vai reabrir as suas portas no dia 20 de janeiro, um dia especial, feriado na cidade e que vai possibilitar às pessoas aproveitarem as ofertas. Para entrar no bazar serão observados todos os cuidados: uso de máscara, álcool em gel e controle na entrada para evitar aglomeração.
O bazar está repleto de novidades com muitas roupas novas e usadas em ótimo estado, moda masculina, feminina e infantil, calçados, acessórios como bijuterias, cintos, bolsas, óculos, chápeus e muito mais.
Na última semana os voluntários: Clarisse Aono, Gabriel e Denise Romão e Daiane Oliveira, estiveram no bazar para dar uma organizada nas peças que chegaram em doação e eles garantem que tem muita coisa boa para renovar os guarda-roupas gastando pouco.
No dia 20, a reabertura será a partir das 14 horas até 16h30, permanecendo o atendimento sempre às quartas feiras. Já o bazar de móveis reabre no dia 3 de fevereiro, também na quarta-feira, no mesmo horário, funcionando a cada 15 dias.
O bazar de roupas e móveis mantido pelo Recanto dos Velhinhos de Valinhos é uma importante fonte de renda que ajuda a entidade manter os seus serviços com os internos. Para o presidente Carlos Roberto Teixeira, o ano de 2020 foi difícil, mas a expectativa que 2021 seja bem melhor. “Aproveito para convidar a todos para uma visita ao nosso bazar, ele está muito bem organizado parecendo uma loja de departamento”, conclui o presidente.

O Recanto dos Velhinhos de Valinhos foi um dos beneficiados pelo Colégio Porto Seguro, graças à parceria com a FEAV – Fórum das Entidades de Valinhos.
Uma campanha realizada pelos alunos do 5º ano do ensino fundamental I, resultou em 23 quilos de açúcar, 43 litros de óleo, 24 pacotes de bolacha maisena, 13 pacotes de aveia, 7 pacotes de amido de milho, 26 unidades de molho de tomate,4 pacotes de biscoito, 2 panetones. O grupo arrecadou também 4.528 fraldas geriátricas, 18 hidratantes, 20 unidades de pomada para assadura, 15 unidades de talco, 9 vidros de esmalte, 1 pacote de avental e 10 pacotes de máscaras descartáveis.
O presidente Carlos Roberto Teixeira mais uma vez agradeceu ao Colégio Porto Seguro, que há anos mantem uma parceria com o Recanto dos Velhinhos, em 2020, por conta da pandemia os alunos não puderam vir e fazer a interação com os idosos, mas se faz presente com essa doação intermediada pela FEAV, que muito vai ajudar a entidade.

Para sanar um pouco a saudades dos idosos, de seus familiares, enquanto não podem receber visitas, o Recanto dos Velhinhos de Valinhos encontrou uma maneira inusitada de promover esses encontros.
Logo na entrada, preparou uma sala com dois ambientes, de um lado ficarão os familiares e o idoso ficará em outro, sem contato físico entre eles. Foi colocado um intercomunicador para que eles possam conversar, sem o risco do contato e da contaminação.
As visitas deverão ser agendadas com Assistente Social ou Psicóloga da família. Serão apenas duas pessoas por família em casa visita, para facilitar o acesso e principalmente proporcionar ao idoso um momento de alegria, felicidade de poder conversar com seu ente querido, mesmo que seja dessa maneira.
O presidente do Recanto dos Velhinhos, Carlos Roberto Teixeira, lembra que o processo é o mesmo utilizado pelos bancos e bilheterias, com um sistema que amplia a voz e facilita a comunicação das duas partes.
“Precisamos nos adaptar ao momento, percebemos que os nossos idosos sentem a falta do familiar, usamos o tablete, telefone para fazer vídeo chamadas, mas não é a mesma coisa, quem sabe assim, eles fiquem mais tranquilos podendo ver e conversar com a pessoa da família.

Uma ação inédita e muito elogiável do atleta Douglas Hemerson de Souza, que decidiu unir o esporte ao social e ajudar ao Recanto dos Velhinhos de Valinhos, resultou na doação de fraldas e leite para a entidade.
Douglas procurou o Recanto, para fazer a campanha, a proposta era correr o número de quilômetros equivalente à idade do idoso mais velho da entidade. A façanha de Douglas resultou em 2.100 fraldas e 700 litros de leite longa vida e para conseguir o dinheiro para comprar esses produtos, impôs um desafio de correr 98 km, que é a idade do idoso mais velho do Recanto.
Muito preparo físico, dedicação e a colaboração dos amigos e familiares, orgulhosos do feito do atleta, que se transformou através do esporte, num cidadão, que passou valorizar a vida e as pessoas que o cercam.
A doação foi entregue na segunda-feira, 23 de novembro, sendo recebida pelo administrador Carlos Latância. “Só temos que agradecer ao Douglas, temos 50 internos que precisam muito de fraldas e leite. Num momento como esse, em que a situação ficou mais complicada, é uma alegria receber em nossa entidade um jovem, que olha para a vida e para as nossas entidades. Em nome da diretoria do Recanto agradeço e parabenizo pela ação, que ela sirva de exemplo para outras pessoas”.

Page 1 of 421 2 3 42
Website desenvolvido por Inspire Ideias | Marketing Inteligente
Subir
Siga-nos: